quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Maus tratos psicológicos

São os mais difíceis de serem detectados. Geralmente, estão associados a outros tipos de abusos como, por exemplo, as agressões físicas e sexuais.
Este tipo de maus tratos pode ocorrer de forma passiva, são toda forma de rejeição, depreciação, discriminação, desrespeito, cobrança ou punição exageradas e utilização da criança ou adolescente para atender às necessidades psíquicas dos adultos. No caso dos bebés, verifica-se que não sorriem, não ganham peso ao ritmo esperado, têm problemas para comer, dificuldades no sono, distúrbios digestivos, sinais de inquietude e grande sensibilidade a sons e ao toque de estranhos. Já em crianças com mais de um ano, a violência psicológica pode dar origem a uma persistente tristeza no olhar, atitude constante de negatividade, perda rápida de auto-estima, hipersensibilidade a sons e a estranhos, falta de atenção, problemas de sono e alimentação, queixas físicas, suspiros frequentes de ansiedade, inquietação, recusa em ir para a escola e vontade de viver com outros familiares. Em adolescentes, os reflexos podem materializar-se na tristeza persistente, acessos de raiva incontroláveis, baixa auto-estima, falta de concentração, lentidão de movimentos e perda de interesse por actividades antes procuradas.

1 comentário:

Frol disse...

E num casamento?
http://diariodivorcioanunciado.blogspot.com/2008/03/impossvel-curar.html
pode ser considerado mau trato psicolgico?